Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Tecnologia: Escola de programação forma alunos com metodologia exclusiva de soft skill - WITRI

Tecnologia: Escola de programação forma alunos com metodologia exclusiva de soft skill

Qodelless lança escola de programação

Compartilhe este conteúdo:

A empresa Qodelless lança uma escola de programação, uma frente de cursos rápidos voltados para a tecnologia e empregabilidade. Os estudos oferecidos são: Cursos de Programação Web, Aplicativos, Design e Prototipagem entre outros em diversas plataformas tais como C#, Java, React, NodeJS, Flutter, Android e muito mais.

Os cursos têm duração de 6 a 12 meses, dependendo da trilha escolhida e das dinâmicas necessárias para a função, com bolsas integrais custeadas pela Qodeless. As aulas são remotas, porém sempre ao final do ano, mentores, professores e alunos, fazem um evento na cidade de São Paulo, com workshop, palestras, desafios em grupo, para que as pessoas se conheçam, e tenham mais afinidades.

A escola tem os mentores que treinam e trabalham com os alunos que são alocados em projetos. “Aproximadamente com 10 mentores dedicados a disseminar os conhecimentos através de desenvolvimentos diários acompanhados pelos Ubuntus (Aprendizes que chamamos de Ubuntu).” “Ubuntu – Eu sou porque somos” – uma filosofia africana seguida pela Qodeless que diz que “quanto melhor você é, melhor eu sou” Significa ser bom através do próximo, compartilhando o conhecimento nas duas direções.

De acordo com o CEO da Qodeless e fundador da escola, Eliel Ebenézer, a metodologia utilizada é exclusiva, que prepara tecnicamente com imersões em projetos efetivos com acompanhamento técnico e prático, promovendo a confiança na carreira em formação e aprimorando o soft skill com metodologia própria. 

“Através de reuniões online diárias ou semanais, efetuamos treinamentos técnicos e organizacionais, envolvendo os aprendizes em situações de ações reais de desenvolvimento em modo assistido” afirma.

Eliel Ebenézer, CEO da Qodeless

Mais de 60 pessoas já passaram por todo o processo de mentoria, 40 foram absorvidas pela empresa em demandas internas e 20 delas já concluíram seu processo e hoje atuam em grandes empresas multinacionais.

A escola nasceu durante a pandemia, há dois anos, por conta do apagão de profissionais para as vagas de tecnologia que poderiam alcançar entre 500 mil à 700 mil posições sem profissionais qualificados. “Abrimos a iniciativa de capacitação e doação completa de técnicas de programação de forma acelerada” “O projeto visa dar oportunidades iguais a todos as pessoas e aumentar a empregabilidade dos futuros profissionais na área da tecnologia. O projeto está conectado com a missão da companhia de oferecer oportunidades para quem precisa ingressar no mercado de trabalho, mas não tem acesso.”, afirma Eliel.