Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 SESI e SENAI levam ao Expo Favela Innovation oportunidades de inclusão a partir do acesso à educação - WITRI

SESI e SENAI levam ao Expo Favela Innovation oportunidades de inclusão a partir do acesso à educação

Expo Favela Innovation

Compartilhe este conteúdo:

O Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) se uniram ao principal evento do país destinado à conexão entre empreendedores da periferia e grandes polos de inovação e de mercado nacional e internacional. A Expo Favela Innovation São Paulo, organizada pela Favela Holding e a Central Única das Favelas (CUFA), acontece de 17 a 19 de março, no World Trade Center (WTC) São Paulo. Em três dias de evento, as duas casas pertencentes ao Sistema Indústria apresentarão tendências e oportunidades de ascensão profissional a partir do incentivo à educação.

No estande do SESI e do SENAI serão apresentadas ferramentas e modalidades já disponíveis para estudantes e profissionais de todas as regiões brasileiras. E o melhor: em sua grande maioria no formato virtual, e repleto de opções gratuitas ou com descontos de até 70%, cumprindo com o propósito de inclusão social.

Entre eles, estão o Mundo SENAI, o Contrate-me, o Futuro Digital e a plataforma SENAI Play. O público da edição regional de São Paulo também terá a oportunidade de refletir sobre o “Futuro das profissões”. Uma cabine de quiz levará o participante a analisar sobre qual profissão ideal para as necessidades e anseios das próximas décadas, tudo de maneira lúdica e divertida. O aparato compõe o acervo permanente do SESI Lab, museu 100% interativo que une arte, educação, ciência e tecnologia, localizado em Brasília.

Educação e qualificação profissional para o jovem

A estreia do SESI e do SENAI como patrocinadores da Expo Favela Innovation é considerada uma vitrine privilegiada para divulgar ferramentas e opções oferecidas pelas instituições, especialmente à parcela da população historicamente colocada às margens de oportunidades e qualificações.

“Nossa missão é preparar os jovens para o futuro, e o investimento em inclusão e diversidade promove uma cadeia produtiva mais plural, criando empresas e produtos melhores”, avalia Rafael Lucchesi, diretor-geral do SENAI e diretor-superintendente do SESI.

“Nesse contexto, a educação dos brasileiros que já foram derrotados pelo sistema educacional deve ser considerada prioritária. E não adianta aplicar a mesma metodologia de ensino, com 1.200 a 1.400 horas. É preciso ter mais flexibilidade, oferecer a opção do remoto e um conteúdo personalizado.”

Rafael Lucchesi

Novas formas de ensino para o retorno à sala de aula

No sábado (18), às 13h, será promovida a palestra “Uma Nova EJA como redutora de desigualdades”, pela doutora em Educação e especialista em Desenvolvimento Industrial do SESI, Edilene Rodrigues Aguiar. Em 2016, o SESI lançou a Nova EJA, uma metodologia inovadora para lidar com um dos maiores desafios da educação brasileira: garantir a formação básica de jovens e adultos que não estão mais na idade escolar. No Brasil, existem 67,2 milhões de pessoas com mais de 18 anos que não frequentam a escola e não têm ensino médio completo, segundo dados consolidados pelo SESI, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua do 4º trimestre de 2021 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Atualmente, a Nova EJA é adotada em 23 estados e no Distrito Federal com número crescente de matrículas: de 6,8 mil alunos em 2017 para 45.203 em 2022. A proposta foi aprovada pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O modelo valoriza e certifica experiências e conhecimentos adquiridos ao longo da vida, promovendo o resgate da autoestima. Além de ser a oportunidade para conclusão dos estudos, é uma opção para ascensão profissional.

Os caminhos da aprendizagem: como o cérebro funciona?

Levar as descobertas da neurociência para a sala de aula é fundamental para que o Brasil possa inovar na educação com base em evidências científicas. No domingo (19), às 11h, na conferência “Neurociência e Inovação para revolucionar a educação”, a doutora em Educação e pesquisadora da Rede SESI Ana Luiza Amaral mostrará como é possível revolucionar a educação a partir da compreensão de como o cérebro aprende. O debate será no auditório principal da WTC, com duração de 1 hora.

Os principais resultados de um estudo desenvolvido pelo SESI estão apresentados no livro “Neurociência e educação: olhando para o futuro da aprendizagem”, que aborda 12 princípios da neurociência relacionados à aprendizagem e 22 tendências que estão configurando a educação do futuro. Nele, a neurocientista Leonor Guerra e a educadora Ana Luiza Amaral falam sobre como a neurociência tem avançado na compreensão de como o cérebro recebe, processa, armazena e utiliza informações.

Vários caminhos para um propósito: capacitação profissional!

Conheça o cardápio de opções SESI/SENAI que estará disponível na Expo Favelas Innovation, edição São Paulo:

  • Contrate-me: A plataforma utiliza inteligência artificial para promover o encontro entre o candidato ideal e a empresa. Quando a empresa abre uma vaga, a plataforma realiza uma análise que considera não só as competências técnicas listadas no currículo dos perfis cadastrados, mas também as competências socioemocionais. Além da plataforma, também é realizada a Feira de Talentos Contrate-me. Em 2023, a 5ª edição será em abril, no metaverso.
  • SENAI Play: É aqui que estão disponíveis microcursos (carga horária de até 10 horas) e minicursos (até 60 horas), no formato vídeo no YouTube, áudio no Spotify ou por mensagem no WhatsApp. A metodologia tem como base o microlearning, qualificação de curta duração por meio de pílulas de conhecimento, que se encaixa no ritmo de aprendizagem e na rotina da pessoa. Os cursos abrangem as 28 áreas da indústria, como construção civil, alimentos e bebidas, tecnologia da informação, gestão, mecânica e elétrica.
  • Mundo SENAI: A plataforma possibilita ao estudante encontrar informações sobre cursos, profissões, as escolas SENAI e vagas de trabalho. São ofertados cursos online, treinamentos corporativos e oportunidades de trabalho.
  • Futuro Digital: É o marketplace da educação profissional. Lançado em 2022, tem cursos do SENAI e de outras instituições de ensino de referência e de empresas. Espaço ideal para quem quer aprender e se profissionalizar para o mercado de trabalho.

Expo Favela Innovation cresceu e ganhou novo formato

A maior conexão entre os empreendedores da favela e o asfalto cresceu, e agora é realizada regionalmente até culminar na edição nacional, em dezembro de 2023. Na etapa de São Paulo, serão três dias com palestras, workshops, exposições, rodadas de negócios, apresentação de startups, debates, cursos, shows, filmes, desfiles e muito mais. Em 2022, o público que compareceu no WTC foi de mais de 30 mil pessoas. A expectativa é aumentar 40% de visitantes.

“A Expo Favela Innovation é a realização de um sonho. Mais de 50% da população de favela acaba se tornando empreendedor, seja por necessidade, vocação ou sonho. Nosso objetivo com o evento é dar oportunidade para investidores conhecerem a genialidade que nasce nas favelas, fazer essa ponte para que novas tecnologias e serviços consigam investimentos, conhecimento e troca de ideias para que seus negócios ultrapassem as favelas que nasceram, e alcançar novas oportunidades”, diz Celso Athayde, CEO da Favela holding e organizador do evento.