Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Segundo pesquisa 96% das empresas nacionais apontam que o ChatGPT auxilia na produtividade. - WITRI

Segundo pesquisa 96% das empresas nacionais apontam que o ChatGPT auxilia na produtividade.

ChatGPT auxilia na produtividade

Compartilhe este conteúdo:

O ChatGPT é uma poderosa ferramenta de processamento de linguagem natural que pode ser utilizada em diversas aplicações nas empresas. Trata-se de um modelo de inteligência artificial desenvolvido pela OpenAI, capaz de interpretar e gerar textos em uma grande variedade de idiomas. A sua capacidade de compreender a linguagem humana e responder a perguntas de forma rápida e precisa tem feito com que muitas empresas busquem integrar em seus processos de atendimento ao cliente, suporte técnico, análise de dados, entre outras áreas.

Com o uso da ferramenta as empresas podem automatizar tarefas rotineiras, reduzir custos operacionais e melhorar a eficiência de seus processos, permitindo que seus funcionários possam se concentrar em atividades de maior valor agregado. Além disso, o chatbot também pode ajudar as empresas a oferecer um atendimento mais personalizado e efetivo, proporcionando uma melhor experiência aos seus clientes e aumentando sua satisfação e fidelidade.

Diante do cenário em que estamos vivendo, onde as ferramentas de Inteligência Artificial estão contribuindo e impactando diretamente o ambiente corporativo, a TRIWI, agência especializada em negócios B2B realizou uma pesquisa envolvendo 12.824 empresas no país, realizada entre fevereiro e março deste ano, revela um dados expressivos sobre o uso da ferramenta.

96% dos respondentes consideram o ChatGPT satisfatório.

Nos setores específicos questionados o setor de serviços foi a área que mais apresentou resultados positivos em relação ao uso da ferramenta com 54,2%.

A área de tecnologia foi a segundo setor com mais destaque com 35,5%, seguido dos segmentos de Indústria com 8,3%, na pesquisa o setor de agronegócio não obteve resultados.

“Foi surpreendente constatar que empresas de serviço tem feito o uso da ferramenta com mais frequência que outros setores, o uso do ChatGPT para o segmento de e-commerce, por exemplo, pode ajudar na melhoria da descrição dos produtos, suporte interativo e criação de comunicações via e-mail ou mensagens por WhatsApp ou SMS mais personalizadas e de acordo com o comportamento de compra do usuário.” Explica Ricardo Martins, CEO da TRIWI

Além da funcionalidade que a própria ferramenta já oferece é possível contar com uma troca ainda mais personalizada aumentando a experiência do cliente, através de uma redução do tempo de espera, colaborando para aumento de vendas e também a fidelização dos usuários e compradores.

Ainda de acordo com o CEO, no setor de agronegócio, mesmo que na pesquisa não tenha detectado número expressivo de respondentes no setor, o especialista avalia a ferramenta como um excelente aliado.

“É possível condicionar a ferramenta a analisar dados de clima, solo e outros fatores para prever safras e fornecer informações importantes para os agricultores e administradores, no campo, além disso pode facilitar também na detecção de pragas e doenças e combatê-las de maneira rápida e eficaz”, avalia.

Sobre as empresas e uso da ferramenta.

Dentre as empresas participantes 45,8% são microempresas com até 9 empregados, 33,3% empresas de grande porte com mais de 100 empregados, na sequência seguem as pequenas e médias empresas com 12,5% e 8,3% respectivamente.

“É possível compreender que o uso do ChatGPT é benéfico para todos os tipos de empresa, independente de seu porte, para as micros é ainda mais relevante considerar seu uso como suporte direto em processos que exigem operações mais simples, isso vai interferir diretamente em melhores escolhas e decisões mais assertivas.”

Ricardo Martins

Ao serem questionadas sobre a assertividade nas respostas encontradas, 83,3% considerou positivos os resultados, contra 16,7%.

No contexto geral, Martins analisa a ferramenta inegavelmente assertiva, mas que o índice desse asserto e precisão das respostas é atribuído a pessoa que está a frente das perguntas.

“É válido considerar que a assertividade nas respostas da ferramenta está diretamente ligado a maneira como a pergunta é feita, e aí vai uma dica de fazer perguntas claras e completas, contextualizando para o uso desejado e com o máximo de clareza possível, a ferramenta vai se comportar e responder conforme ela é estimulada e isso depende diretamente do operador, ou seja da pessoa que está conduzindo as perguntas para a plataforma”. Acrescenta.

Ainda sobre os benefícios que o chatbot pode trazer para as empresas, em especial para a produtividade e agilidade nas tomadas de decisões, 45,8% consideram proveitoso, 25% avalia que a ferramenta eficiente para a redução do tempo de trabalho, 12,5% atribui a economia de dinheiro como maior benefício. Outras respostas como interação com clientes e inovação de produtos ou serviços representaram 16,6% somadas às vantagens do uso.

O ChatGPT desencadeou uma série de outras ferramentas nas mais diversas áreas e gerou mais visibilidade para outras já existentes. Inteligência Artificial ganhou o público, só no Google há 719 milhões de resultados para o termo ChatGPT e a quantidade de conteúdo sobre o tema só cresce. Novas profissões estão surgindo e empresas do setor aumentando as contratações.

“O ChatGPT pode ajudar as empresas a melhorar a experiência do cliente, aumentar a eficiência operacional e reduzir custos, oferecendo um atendimento automatizado e personalizado em escala, 24 horas por dia, 7 dias por semana.” Finaliza.