Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Saúde, higiene e beleza: como melhorar a experiência do consumidor no e-commerce nesses segmentos - WITRI

Saúde, higiene e beleza: como melhorar a experiência do consumidor no e-commerce nesses segmentos

Saúde, higiene e beleza como melhorar a experiência do consumidor no e-commerce nesses segmentos

Compartilhe este conteúdo:

Conforme a 47ª edição do relatório Webshoppers, realizado pela NielsenIQ Ebit, o segmento de perfumaria e cosméticos ocupa a 1ª posição das categorias com mais pedidos em 2022 no comércio digital, já saúde ocupa a 4ª posição. Outro ponto de destaque da pesquisa é a evolução na quantidade de shoppers no e-commerce: no ano de 2022 mais que o dobrou de crescimento de 2021, e ficou em 24%.

Fazer compras pela internet já é um hábito entre os consumidores, por isso uma oportunidade de negócio para marcas e indústrias é investir em um e-commerce, mas não basta abrir um e anunciar os seus produtos por lá. Um comércio digital de sucesso é baseado em planejamento e estratégias Por isso, a STANDOUT, empresa referência em inteligência em trade marketing digital, separou 3 dicas para melhorar a experiência do cliente. Confira abaixo:

1- Invista em vitrines digitais

Uma forma de proporcionar uma boa experiência é com o uso de vitrines digitais, já que elas otimizam a jornada de compra do shopper por meio de uma mensagem clara e personalizada.

“Passar a informação correta sobre o produto pode ser a diferença entre a compra e um carrinho abandonado, já que vitrines digitais contém dados que ajudam o consumidor a entender a usabilidade ou aplicabilidade de um produto, por exemplo. Consequentemente, informações nesse nível contribuem para que a venda se concretize.”

Emerson Spina

2- Estude o comportamento do consumidor

Compreender o comportamento do consumidor é fundamental para o desenvolvimento de qualquer negócio. Uma maneira de fazer isso é por meio do uso de dados nos conteúdos enriquecidos disponíveis nos e-commerces. “Com uma base de dados que o uso do Mapa de Calor traz, as indústrias que aplicam essa ferramenta têm acesso a dados que o ajudam a entender e a oportunidade de melhorar a comunicação e a experiência do shopper, além de auxiliar em decisões estratégias no comércio digital. Essa flexibilidade permite que os negócios façam ajustes rapidamente, de acordo com o mercado e as necessidades do cliente ”, conta o executivo.

3- Implemente a estratégia phygital

A união entre os canais físicos e digitais é conhecida como phygital. Fazer essa integração é interessante para aumentar ainda mais o potencial de vendas. No phygital, o executivo conta que o trade marketing digital apoia a indústria e o comércio eletrônico a aproximar o shopper dos produtos comercializados, por meio de uma comunicação assertiva e direcionada nos varejos digitais. “Esse é o principal ponto de contato do consumidor com a marca ou produto, mesmo que ele não efetue a compra por esse canal”, afirma.

Com 350 clientes, entre eles grandes nomes como: Coca-Cola, Kimberly Clark, Vedacit, Kellog´s, Ferrero, Groupe SEB, Reckitt, Abbott e Eurofarma e com mais de 300 grandes comércios digitais com potencial para intensificar as vendas, a STANDOUT é proprietária de uma solução que permite a criação, edição e publicação de vitrines digitais, bem como da distribuição automática, em layout responsivo, e em tempo real dos mesmos nos e-commerces.

Além de entregar as informações úteis sobre os benefícios e diferenciais dos produtos conforme as necessidades das indústrias, a STANDOUT coleta e fornece uma série de informações do que está acontecendo com a vitrine dentro dos varejos digitais para as indústrias/marcas, o que é decisivo para futuras estratégias.

5/5 - (1 vote)