Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Mercado pet cresce 27% e empresas investem em alta tecnologia para atender demandas do setor - WITRI

Mercado pet cresce 27% e empresas investem em alta tecnologia para atender demandas do setor

Mercado pet cresce 27% e empresas investem em alta tecnologia para atender demandas do setor

Compartilhe este conteúdo:

Para prolongar a expectativa de vida e manter os pets mais saudáveis, a medicina veterinária tem avançado muito e a tecnologia é uma grande aliada. A cada dia, novos aparelhos e recursos mais modernos são incorporados à rotina dos veterinários, permitindo complementar o atendimento, o diagnóstico e o tratamento realizado.

Segundo o Instituto Pet Brasil, além dos avanços normais no setor, outro fator está por trás dos investimentos cada vez maiores nesta área. Hoje o Brasil é o segundo país no ranking de quantidade de animais domésticos de estimação. De 2020 para 2021 a população cresceu 3,6%, sendo 58,1 milhões de cães no país, seguidos de aves ornamentais (41 milhões) e gatos (27,1 milhões).

Ainda de acordo com o Instituto, no país o mercado pet (indústria, serviços e varejo) cresceu 27% em 2021, o que representa um faturamento de R$ 51,7 bilhões. Diante deste cenário e com a grande procura por serviços, é que as empresas vêm investindo, inovando e aplicando novas tecnologias para levar equipamentos cada vez mais modernos às clínicas e hospitais de pequenos animais.

Tecnologia aliada a realidade do paciente

Os equipamentos de imagem, por exemplo, vêm se adaptando cada vez mais à realidade e às necessidades dos animais, oferecendo configurações e medidas específicas para as diferentes espécies. A maioria deles se assemelha aos aparelhos de última geração utilizados pela medicina humana, a diferença é que eles passaram a ser desenvolvidos para atender, exclusivamente, pacientes de quatro patas.

Fator importante também no meio veterinário é a mobilidade. Os aparelhos foram diminuindo de tamanho para se tornarem portáteis e serem levados para atendimentos fora da clínica. Atenta ao mercado, a empresa catarinense Imex Medical Group, líder nacional no segmento de equipamentos de imagens, desenvolveu um aparelho de ultrassom que pesa apenas 120 gramas sendo menor que alguns modelos de celulares. Totalmente portátil permite que os exames sejam feitos em qualquer ambiente e garante a mobilidade tão importante no meio veterinário.

Basta acessar o aplicativo via smartphone, tablet ou notebook e fazer a conexão por meio de plug-in Wi-Fi ou USB. O aparelho de ultrassom portátil foi desenvolvido para facilitar a rotina dos médicos veterinários, auxiliando na praticidade e mobilidade, já que ele cabe no bolso, sem fio e com três horas de duração da bateria em uso contínuo.

Segundo Maurício Silva, diretor de vendas da Imex Medical Group, a empresa vem investindo cada vez mais em oferecer soluções para o segmento veterinário.

“Nós acreditamos muito no potencial deste mercado e como ele está se desenvolvendo. Observamos um crescimento exponencial de clínicas e hospitais e as empresas devem estar atentas a este movimento que busca por soluções cada vez mais acessíveis e práticas”, salienta Silva.

Assim como o ultrassom, os aparelhos de raios X também evoluíram a ponto de poderem ser transportados com facilidade a qualquer lugar. E para que isso fosse possível, a Imex inovou e implantou nos equipamentos baterias mais potentes, de lítio, capazes de oferecer longa duração. O raios X portátil consegue realizar exames radiológicos de animais de todos os portes, dos pequenos aos grandes.

E não para por aí. A alta tecnologia empregada, também está presente em outras soluções, como é o caso dos tomógrafos. Assim, aliado ao raio x ultrassom, estes equipamentos também trazem um design diferenciado, desenvolvido para facilitar a operação e agilizar o fluxo de trabalho. Dessa forma os equipamentos dão um suporte completo aos médicos veterinários e que permitem um diagnóstico rápido e preciso, além de um tratamento mais eficaz.