Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Jornada de Inovação em Saúde tem foco no desenvolvimento e integração de sistemas para o setor - WITRI

Jornada de Inovação em Saúde tem foco no desenvolvimento e integração de sistemas para o setor

Jornada de Inovação em Saúde

Compartilhe este conteúdo:

A Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) e a Abimo (Associação Brasileira da Indústria de Dispositivos Médicos) realizam, no dia 29 de junho, a segunda edição da Jornada de Inovação em Saúde. O evento será focado em projetos na área de Desenvolvimento e Integração de Sistemas em Dispositivos Médicos, com orientações às empresas sobre o modelo Embrapii de fomento à inovação. A organização já alavancou mais de R$ 40 milhões neste setor.

A Jornada de Inovação em Saúde ocorrerá na sede da Fiesp, das 13h às 17h, e as inscrições, com vagas limitadas.

Os empresários com desafios tecnológicos na área de Desenvolvimento e Integração de Sistemas em Dispositivos Médicos receberão informações detalhadas sobre como acessar os recursos da Embrapii e o apoio técnico dos centros de pesquisa de excelência credenciados como Unidades Embrapii. Eles também terão a oportunidade de conversar com representantes de empresas que falarão sobre suas experiências na contratação e desenvolvimento das pesquisas no modelo Embrapii.

Desde a fundação, em 2013, a Embrapii já apoiou 51 projetos de Integração de Sistemas para Saúde. Destes, 41 já foram concluídos e resultaram em 23 pedidos de Propriedade Industrial. No total, foram apoiadas 47 empresas com alavancagem de R$ 40,7 milhões, dos quais R$ 14,6 milhões foram aplicados pela Embrapii em recursos não reembolsáveis.

Projetos envolvendo integração de sistemas ocupam cerca de 23% de todas as pesquisas apoiadas pela Embrapii na Saúde. A área ocupa posição de destaque entre as temáticas dos projetos apoiados pela organização, dentro de um universo de 19 áreas de aplicação. Em primeiro lugar aparece o setor de Agroindústria/Alimentos e Bebidas, que representa 12,9% do total, e em segundo lugar já vem a área da Saúde que abarca 12,6% dos projetos apoiados pela Embrapii.

Integração de sistemas

Tecnologias relacionadas ao desenvolvimento e integração de sistemas na área da Saúde consistem em processos que facilitam o uso de dados e informações, por meio de interligações de diversas plataformas gerando maior transparência, confiabilidade e eficiência do sistema como um todo, ou ainda o desenvolvimento de novos sistemas.

Esse tipo de desenvolvimento é essencial para que os profissionais de Saúde possam ter uma visão mais completa, detalhada e abrangente de todos os processos envolvidos na operação da empresa, proporcionando assim maior eficiência e confiança nas decisões. De forma geral, projetos relacionados a tecnologias de integração podem proporcionar inúmeras vantagens às empresas, entre elas estão as reduções de riscos de falhas humanas, de gargalos na operação diária e de custos operacionais.

Essas tecnologias também possibilitam a automação de processos, otimização de gestão financeira, processos mais transparentes, maior segurança nas informações necessárias ao diagnóstico, equipes mais produtivas e eficientes e pacientes mais engajados. Para a população, os ganhos incluem atendimento mais rápido, assertivo, confiável e menos onerosos.

Projetos apoiados

Entre os projetos apoiados pela Embrapii, está o Health of Things, que utilizou sensores de saúde para captar sinais vitais de pacientes, especialmente idosos, em tratamento em suas residências. O projeto, baseado na TV Digital e em Internet das Coisas, ofereceu ao mercado de assistência domiciliar à saúde uma solução informatizada e inteligente para acompanhamento dos quadros clínicos à distância.

A tecnologia do Health of Things atende a uma demanda crescente para atendimento de idosos em todo o mundo, justificada pelos maiores índices de envelhecimento da população. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil, o grupo com 60 anos ou mais correspondia a 14,7% da população em 2021 e as pessoas na faixa de 65 anos ou mais eram 10,2%.

O projeto foi desenvolvido pela empresa Linkdesign Tecnologia Ltda e contou com apoio tecnológico do Polo de Inovação Fortaleza do Instituto Federal do Ceará (IF-CE), credenciado como Unidade Embrapii para atuar nas áreas de competência de Sistemas Embarcados e Mobilidade Digital.

Entre as pesquisas desenvolvidas na área de Integração de Sistemas para Saúde também estão dois projetos da Siemens na área de tomografias. O primeiro consistiu no desenvolvimento de um sistema com funcionalidades para padronizar, monitorar e controlar remotamente ambientes e equipamentos de ressonância magnética e tomografia computadorizada.

O segundo é uma aplicação móvel para exames de tomografia, que consiste em uma solução de software inteligente para dispositivos móveis, usada como ferramenta de apoio na preparação de pacientes antes de realizarem exames de Tomografia Computadorizada visando o mercado brasileiro e mundial.