Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Investimento da Fundação Salvador Arena em ações sociais e educacionais chega a R$ 78,6 milhões em 2022 - WITRI

Investimento da Fundação Salvador Arena em ações sociais e educacionais chega a R$ 78,6 milhões em 2022

Investimento da Fundação Salvador Arena em ações sociais e educacionais chega a R$ 78,6 milhões em 2022

Compartilhe este conteúdo:

A Fundação Salvador Arena acaba de disponibilizar em seu site o relatório de atividades 2022, que reúne informações sobre os investimentos realizados ao longo do ano passado. Ao todo, foram destinados R$ 78,6 milhões em ações sociais e educacionais.

Em sua principal iniciativa na área de educação, a Fundação injetou R$ 61,2 milhões para a manutenção das atividades das três unidades de ensino mantidas pela instituição. São elas: o Colégio e a Faculdade Engenheiro Salvador Arena situados na cidade de São Bernardo do Campo, Grande São Paulo, e a Escola Técnica Agropecuária Engenheiro Salvador Arena (ETASA), localizada na cidade de Santa Rita do Passa Quatro, interior paulista. Juntas, as unidades educacionais atenderam, de forma totalmente gratuita, 3.209 alunos em 2022, sendo sua maioria provenientes de famílias com renda per capita mensal de até um salário-mínimo e meio. No Colégio e na ETASA, o índice de alunos nessa condição é 63% e na Faculdade, 51%. De acordo com os dados do Relatório, o custo médio mensal por aluno do Colégio e ETASA é de R$ 1.667,00 e da Faculdade, R$ 1.417,00.

Já em seu segmento de atuação social, a Fundação destinou R$ 17,4 milhões, distribuídos entre iniciativas próprias e outras protagonizadas por Organizações da Sociedade Civil (OSCs) com atuação em diversos estados brasileiros. Ao longo de 2022, a Fundação financiou projetos e desenvolveu assessoria técnica para gestão, captação de recursos e elaboração de projetos sociais com organizações do terceiro setor por meio de quatro editais, beneficiando 42.714 pessoas diretamente e 139.898, indiretamente.

Sérgio Loyola, gerente de desenvolvimento e promoção social da Fundação, explica que os programas foram estruturados em duas vertentes: para prestar atendimento direto à comunidade; e contribuir para o fortalecimento de organizações sociais que prestam serviço social a comunidades carentes ou que atuam no fortalecimento da rede socioassistencial.

“Todos os programas têm, em comum, o foco na capacitação para o fortalecimento de organizações assistenciais e suas causas. Então, o financiamento das atividades está sempre atrelado a uma formação, dentro do escopo de cada programa.”

Sérgio Loyola

A Fundação Salvador Arena mantém suas atividades com recursos próprios provenientes da aplicação de seu patrimônio, composto pelos bens móveis, imóveis e valores mobiliários herdados do fundador. Ainda de acordo com Loyola, a instituição segue aprimorando e ampliando seus programas sociais e educacionais. “A diretriz principal é contribuir para a construção do conhecimento e que este promova uma transformação na vida das pessoas, empoderando-as, seja no campo social ou educacional, para que possam assumir o protagonismo de suas vidas, além de possibilitar que esses atores possam reverter as situações momentâneas ou crônicas de vulnerabilidade social”, explica.

Programas de apoio às OSCs

Criados há mais de 20 anos, os Programas de Apoio a Projetos Sociais (PAPS) e o de Alimentação Saudável (PAS) foram se modernizando ao longo dos anos e, de 100% assistenciais, passaram também, a oferecer formações, ampliando fortemente sua capilaridade. O PAPS já garantiu mais de R$ 51 milhões para projetos sociais ligados à educação, saúde e habitação, nas regiões da Grande São Paulo, Baixada Santista, semiárido nordestino e nos estados Bahia, Ceará, Pará, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco, Paraíba, Maranhão, Santa Catarina e Paraná. O PAS, por sua vez, já destinou mais de R$ 40 milhões em recursos financeiros para capacitar OSCs em segurança alimentar e no fornecimento de alimentos em 760 instituições sociais, beneficiando mais de 231.000 assistidos.

Dentre as formações, a Fundação oferece o Acelera Social, que objetiva promover a ampliação da capacidade de mobilização de recursos e sustentabilidade financeira das instituições; e o EAD Gestão – Formação e Consultoria para Gestão no 3º Setor, para a profissionalização e o fortalecimento das Organizações da Sociedade Civil (OSCs), melhorando e ampliando seu espectro de atuação.

5/5 - (1 vote)