Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Inovação e estratégia de negócios são chave para driblar queda do mercado imobiliário - WITRI

Inovação e estratégia de negócios são chave para driblar queda do mercado imobiliário

mercado imobiliario

Compartilhe este conteúdo:

Após a forte alta no mercado imobiliário de 2021, o setor passa por uma onda de desaceleração nos últimos anos. Para ilustrar, segundo dados do Informe do Registro do Brasil, em 2022, o volume de contratos de compra e venda de imóveis teve um declínio de 3,27% no estado de São Paulo e de 11,5% no Rio de Janeiro.

Para Bruno Loreto, sócio da Terracotta Ventures, “em um ciclo em que as vendas desaceleram, o desafio é maior e as empresas precisam buscar eficiência em suas forças comerciais, otimizando a produtividade das obras e os custos”.

Já para Paulo Bichucher, CEO e co-fundador da Yuca, “períodos restritivos em mercados tradicionais costumam gerar oportunidades para quem é capaz de inovar com agilidade”.

Pensando nisso, especialistas do setor mapearam algumas tendências que estão revolucionando o mercado imobiliário brasileiro e podem transformar o futuro dos negócios.

Foco em serviços e experiências

O mercado imobiliário vem se preocupando cada vez mais com a jornada dos clientes – uma das propostas mais fortes nesse sentido vem sendo o living as a service. Com um comprometimento maior com a experiência de moradia, o foco aqui é desburocratizar e flexibilizar a locação, e proptechs como a Yuca já vêm direcionando o setor para essa transformação.

“As novas gerações vem cada vez mais trazendo essa substituição da posse pelo uso – vemos isso em diversas indústrias, e no setor residencial não é diferente. A linha comum em todas é a lógica de diminuir o consumo e priorizar a experiência”.

Novos modelos de empreendimentos

Os especialistas destacam que apresentar diferenciais de negócios será cada vez mais relevante na maneira que as pessoas buscam moradia. Para o mercado, portanto, essas novidades podem ser a chave para lidar com a desaceleração dos negócios. É nesse novo cenário que entram as proptechs.

Entre os novos modelos oferecidos estão, por exemplo, o rent-to-own, em que as empresas oferecem a transformação de parte do aluguel na compra do imóvel, que permite certo nível de poupança, ao mesmo tempo que incentiva o investimento na propriedade.

Especialização e maior eficiência

Para Loreto, também é importante considerar especializar e desenvolver modelos de negócios inovadores. “Entendemos que os próximos anos serão marcados por especializações que vão potencializar forças.” diz o executivo.

“Modelos que tragam maior eficiência na compra de imóveis, especialmente em soluções financeiras e Customer Experience, expansão da regionalização de serviços, fora do eixo Rio – São Paulo, e exploração de outros segmentos de mercado.”

Bruno Loreto

Profissionalização e inovação do setor

Na esteira de todas essas tendências, o mercado imobiliário brasileiro, como um todo, caminha para um contexto de maior profissionalização, a exemplo do que se vê em mercados mais maduros, como os EUA. Nesse sentido, proptechs como a Yuca vêm servindo como a solução ideal para que proprietários ‘amadores’ possam gerir de forma profissional e otimizada a locação dos seus imóveis.

Parcerias e Plataformas para destravar o crescimento

Por fim, com o mercado se atualizando e se profissionalizando, oportunidades de parcerias passam a despontar como solução de crescimento para Incorporadoras e Investidores. Para Bichucher, “a Yuca vem se consolidando cada vez mais como uma plataforma que permite que qualquer player do mercado possa se conectar, construir e usufruir da profissionalização da locação, seja ele um incorporador, um investidor, um proprietário ou um corretor.”