Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Freto registra aumento de 35% das contratações de cargas do agronegócio em 2022 - WITRI

Freto registra aumento de 35% das contratações de cargas do agronegócio em 2022

agronegócio em 2022

Compartilhe este conteúdo:

A logtech Freto, que conecta os melhores caminhoneiros às melhores cargas do mercado rodoviário, registrou crescimento de 35% no valor das contratações de cargas do agronegócio em 2022, em comparação com 2021. O aumento se deu por conta do maior número de clientes e efeito do preço de frete, que aumentou no ano passado em comparação ao ano anterior. Houve aumento de 8% de toneladas movimentadas na plataforma comparando-se os mesmos períodos.

“Em 2022, graças à extensão da safra do milho até outubro, observamos um grande salto dessa commodity, que liderou os carregamentos na nossa plataforma, representando 57,99% do valor das contratações”, revela Thomas Gautier, CEO do Freto. Completaram o ranking soja em grãos, em 2º lugar, com 25,23% e farelo de soja, em 3º, com 12,53%. De acordo com o executivo, o ticket médio também aumentou em 28% de 2021 para 2022.

A empresa saltou das 23.336.851 toneladas movimentadas em 2021 para 25.389.532 toneladas em 2022. Já em 2021, a soja em grãos liderou os carregamentos, com 41,28% (575.988 toneladas), seguida pelo farelo de soja, registrando 26,55% (370.458 toneladas) e milho em grãos, representando 19,34% (269.892 toneladas).

Cargas em dezembro

No último mês de dezembro, a plataforma registrou aumento de 5,82% de cargas transportadas em comparação com o mesmo mês de 2021. Em relação a novembro, porém, houve queda de 15,3% no total de cargas transportadas por conta da entressafra: queda de 1.589.736 toneladas para 1.345.684 toneladas.

Os principais produtos transportados em dezembro foram milho em grãos (597.920 toneladas, o equivalente a 44,43%), soja em grãos (434.475 toneladas, o equivalente a 32,29%) e farelo de soja (261.782 toneladas, o equivalente a 19,45%).