Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Empresas iniciam ano com expectativa positiva - WITRI

Empresas iniciam ano com expectativa positiva

Compartilhe este conteúdo:

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) de janeiro, divulgado nesta quinta-feira (12) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), apontou que, embora o setor esteja cauteloso nas expectativas para a economia brasileira, as perspectivas para as empresas seguem positivas.

Na Maximu’s Embalagens Especiais, indústria instalada em Ribeirão Pires (SP), com filial em Varginha (MG), o ano passado teve resultados bastante significativos, o que faz a empresa iniciar 2023 com bons presságios. A unidade paulista, por exemplo, teve o faturamento aumentado em 30%, comparado a 2021. O incremento em peças processadas foi da ordem de 70%, fruto do ganho de produtividade devido a série de investimentos na área de sacarias.

Para este ano, a Maximu’s planeja novos investimentos para alavancar ainda mais a produção. “Nossos planos são aumentar o faturamento em mais 10%. Já fizemos novas aquisições de maquinários, temos quatro equipamentos que chegarão ainda no primeiro semestre, sendo três para a fábrica de Ribeirão Pires e um para Varginha”, fala o diretor da Maximu’s Embalagens Especiais, Marcio Grazino. “Essas máquinas ampliarão a capacidade de transformação de sacarias de plástico bolha e manta de EPE (Espuma de Polietileno Expandido).

Perspectivas

Com a criação, no governo federal, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), o setor elencou 14 propostas para subsidiar ações dos 100 primeiros dias da Pasta, voltadas para a reindustrialização, e uma lista com 19 projetos prioritários em tramitação no Congresso Nacional. Entre os itens listados no documento entregue pela CNI ao ministro Geraldo Alckmin, estão a implementação de uma política industrial, o estímulo à inovação e a aprovação da Reforma Tributária. “A indústria é o setor mais tributado e há tempos é necessário o avanço da Reforma nessa questão, fundamental para expandir a atuação industrial, que tem enorme potencial no Brasil, e trazer credibilidade ao país, melhorando o ambiente de negócio”, conclui Grazino.