Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 Empreendedorismo deve ser incentivado desde a infância - WITRI

Empreendedorismo deve ser incentivado desde a infância

Empreendedorismo deve ser incentivado desde a infância

Compartilhe este conteúdo:

Mais do que uma paixão, o empreendedorismo tomou conta do Brasil pela necessidade, principalmente diante do cenário de pandemia que causou o aumento na taxa de desemprego no país. De acordo com uma pesquisa da GEM (Global Entrepreneurship Monitor), em 2020, o Brasil ocupava a 13ª posição no ranking mundial de empreendedorismo no mundo. Agora, em 2022, os brasileiros já estão em sétimo lugar.

No entanto, segundo um levantamento do IBGE, 48% das empresas brasileiras fecham em até três anos. O principal motivo para isso é exatamente a falta de gestão eficiente. Márcia Machado, empreendedora e diretora do Espaço Colaborativo Amor de Mãe, em Belo Horizonte, conta que esse é um relato comum entre as mães que decidem empreender.

“Já sabemos que grande parte das mulheres decidem empreender pela necessidade. E o maior desafio é exatamente entender a gestão de um negócio, já que muitas não tiveram essa vivência ou aprendizado ao longo da vida”, comenta.

Exatamente por isso, Márcia indica que o principal para quem está começando é sempre estudar tudo que puder.

“Sempre que tiver a oportunidade de conhecer mais o seu segmento, não deixe para depois. O conhecimento é o bem mais valioso que pode ajudar sua empresa a crescer de verdade”, destaca.

Empreendedorismo na infância

Por vivenciarem tais desafios, muitas mães já entendem que o conhecimento sobre empreendedorismo pode começar na infância. Márcia é uma das adeptas a esse incentivo.

“Isso já cria um senso de responsabilidade e autonomia que é muito benéfico para os pequenos. Eles aprendem a importância de se organizar, priorizar o que desejam para o futuro. Junto com a educação financeira, esse tipo de aprendizado pode mudar o futuro dos nossos filhos e profissionais”, diz.

Márcia sugere que esse tipo de ação pode começar com coisas bem simples, através de brincadeiras.

“Nesse período as coisas devem ser mais leves, então use e abuse da imaginação. Ofereça brincadeiras que estimulem essa dinâmica, aproveite para presentear com o primeiro cofrinho em que eles poderão guardar um certo valor da mesada. Na medida que forem ficando mais velhos, também podem começar a acompanhar algumas tarefas da sua empresa, fazer cursos de educação financeira e por aí vai”, indica.