Warning: Undefined array key "options" in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 192 CloudWalk ultrapassa US$ 100 milhões em receita é o mais novo membro do grupo das “empresas centauros” - WITRI

CloudWalk ultrapassa US$ 100 milhões em receita é o mais novo membro do grupo das “empresas centauros”

CloudWalk

Compartilhe este conteúdo:

A CloudWalk, fintech dona da InfinitePay, registrou ganhos históricos em crescimento de produtos, receita e rentabilidade no primeiro trimestre de 2023, estabelecendo um marco importante em sua trajetória. Com faturamento anualizado em março de R$ 678 milhões, passa a fazer parte do seleto grupo das empresas centauros, com receita recorrente anual (ARR – Annual Recurring Revenue, em inglês) de mais de US$ 100 milhões.

O lucro no primeiro trimestre de 2023 foi de R$ 54 milhões e a receita líquida atingiu R$ 149 milhões, representando uma alta de 183% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Os números expressam a solidez na expansão da fintech, que, além das maquininhas InfinitePay, oferece diversos produtos financeiros a mais de 1 milhão de clientes entre pessoas físicas e jurídicas. Alguns dos novos produtos foram lançados no último ano e já estão transformando o mercado de serviços financeiros.

Após conquistar a licença do Banco Central para operar como Instituição de Pagamento, a fintech lançou o InfiniteBank para oferecer soluções bancárias completas, como o cartão de crédito InfiniteCard, a gestão de cobrança e os relatórios detalhados de vendas. Ainda integram o portfólio da CloudWalk o InfiniteCash, modalidade de empréstimo rápido e fácil, que já concedeu mais de R$ 100 milhões a empreendedores de todo país, e o InfiniteTap, solução inédita lançada em outubro de 2022, que possibilita a aceitação de pagamentos com cartão de crédito e débito de maneira prática e eficiente. Ao converter smartphones em máquinas de cartão, esta solução tecnológica dispensa a necessidade de dispositivos adicionais, permitindo que as transações sejam realizadas diretamente no celular, o que beneficia empreendedores e profissionais autônomos.

“Essas soluções inovadoras têm conquistado cada vez mais adeptos e mostram como a tecnologia pode impulsionar e simplificar os negócios de maneira acessível. Toda a disrupção que criamos visa democratizar o mercado financeiro e dar ainda mais força aos pequenos e médios negócios”, afirma Luis Silva, fundador e CEO da CloudWalk.

As soluções da CloudWalk são as que oferecem as melhores taxas do Brasil. A estratégia que busca blindar os clientes dos aumentos da taxa Selic – e faz parte da política ESG adotada pela empresa – prevê que a companhia deixe de arrecadar para repassar o benefício a empreendedores usuários da InfinitePay. Com isso, foi possível gerar uma economia de mais de R$ 2,5 bilhões em taxas.

Crescimento em meio a instabilidade

Captando mais de 1,5 mil clientes por dia, a empresa segue crescendo exponencialmente num momento de instabilidade no mercado. Nos últimos dois anos, diversas empresas renomadas se viram obrigadas a mudar suas rotas e anunciar demissões em massa. Na contramão desta tendência, a CloudWalk segue contratando e recentemente atingiu a marca de 500 colaboradores que ficam espalhados em mais de 16 países. O objetivo, segundo Luis Silva, é reforçar o time para ampliar ainda mais a capacidade de desenvolvimento de soluções que transformem e impulsionem o empreendedorismo brasileiro.

“Estamos construindo a fundação da maior companhia fintech do planeta Terra. Nosso sonho é grande e os primeiros resultados provam isso. Continuaremos focados em desenvolver produtos inovadores que resolvam as dores dos clientes. Além de entregar valor a investidores, temos como um dos propósitos impulsionar o ecossistema empreendedor nacional.”

Luis Silva

Esse crescimento exponencial já vinha sendo verificado anteriormente. Desde o último aporte, realizado em 2021, quando a fintech obteve um valuation de US$ 2,15 bilhões, o faturamento cresceu mais de cinco vezes.

“Posso dizer que ainda estamos no começo. Nos últimos anos, obrigamos todo o mercado de maquininhas de cartão a se adaptar às nossas taxas e um nível de qualidade no atendimento de clientes sem precedentes”, afirma Luis Silva. “Repetiremos isso agora com nossos outros produtos, resolvendo as maiores dores dos clientes”.