Pesquisar
Close this search box.

Startup canadense-brasileira de cibersegurança, avança no Brasil e pretende gerar 150 empregos em três capitais do país 

Compartilhe este conteúdo:

A expectativa é que o emprego na área de cibersegurança para cargos como analistas de segurança da informação cresça 35% até 2030.

A escassez global de talentos no setor de cibersegurança, agravada pela intensificação de ameaças digitais como ransomware e malware, e por setores de segurança ineficientes nas organizações e empresas, criou oportunidades para este mercado, que movimenta mais que a indústria do cinema (US$ 500,70 bilhões de dólares até 2030 – Grand View Research). Como a demanda é alta neste setor, a Capzul Corp. – startup global de cibersegurança, que avança no Brasil com o lançamento de uma tecnologia inédita e disruptiva – , pretende abrir 150 vagas de empregos para profissionais da área, que serão distribuídas na nova sede, em Belo Horizonte, e nos escritórios de São Paulo e Curitiba.

As oportunidades na área de cibersegurança existem, o que falta é mão de obra qualificada. Segundo a Cybersecurity Ventures, a taxa de desemprego neste setor para os cargos mais experientes é de 0%. “A falta de mão de obra qualificada é um grande problema. Trabalho na área desde 1999 e continua sendo. A inteligência artificial ajuda bastante hoje em dia, mas sem o comando certo não funciona. Por isso, precisamos de pessoas, de bons profissionais experientes”, diz o VP de Marketing da Capzul no Brasil, Eduardo Neves.

A Capzul, que já existe há sete anos no Canadá, chega ao Brasil para oferecer o CapzulProtect, uma solução de segurança cibernética inédita que combina comunicação segura patenteada e tecnologia à prova de engenharia reversa para aumentar exponencialmente a integridade e a confidencialidade dos dados digitais, proteger servidores web e redes de servidores, o que elimina a superfície externa de ataque e reduz custos operacionais. 

Batalha de dados | Capzul Hackathon Challenge

Para apresentar o CapzulProtect no Brasil, a startup promove nos dias 25 e 26 de maio o Capzul Hackathon Challenge, o qual já conta com mais de 70 participantes preparados e com todas as ferramentas disponíveis no mercado para tentar invadir um servidor que será protegido com o CapzulProtect. “As inscrições ainda estão abertas e o CapzulProtect será testado ao vivo até os seus limites por especialistas altamente qualificados em segurança cibernética”, finaliza Neves. Para premiar os potenciais vencedores, a Capzul reservou R$ 125.000,00 (cento e vinte e cinco mil reais) para a primeira pessoa ou grupo que conseguir violar com sucesso a tecnologia CapzulProtect e R$ 25.000,00 para o melhor vídeo e reportagem sobre o Capzul Hackathon Challenge e o CapzulProtect. Para se inscrever, acesse o site https://capzulchallenge.me/.

Sobre a Capzul

Com sede em Toronto, Canadá, a Capzul é uma startup de segurança cibernética que está preparada para revolucionar o mercado global de segurança na Internet, oferecendo uma plataforma de segurança cibernética disruptiva e inovadora, sendo o CapzulProtect nosso primeiro produto. No Brasil, a Capzul tem escritórios em Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR).